Venezuela anuncia detenção de supostos grupos terroristas

Da Agência Lusa -03.10.2014 - 12h20 | Atualizado em 03.10.2014 - 12h36

 

 

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou, hoje (3), a detenção de quatro supostos grupos terroristas que teriam como objetivo promover atentados e  a violência em Caracas, capital do país, e em outras cidades.

 

“Detivemos quatro grupos distintos que queriam trazer violência e levar a cabo atentados em cidades do centro do país, incluindo Caracas”, disse Maduro durante a cerimônia fúnebre de um deputado chavista e sua mulher, encontrados mortos em casa na última quarta-feira (1º).

 

Leia mais notícias internacionais no Portal EBC

 

“Foram capturados com provas, com explosivos. São grupos terroristas motivados pela extrema-direita da Venezuela e por grupos paramilitares colombianos que estão envolvidos nos planos para trazerem violência para o nosso país”, disse. Ele acrescentou que  “parte dos planos foram dissipados”.

 

A Venezuela denunciou várias vezes supostos atentados contra o chefe do Executivo e o presidente do Parlamento, assim como acusou Washington - capital dos Estados Unidos - e o ex-presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, de tentativas de desestabilização por meio de mudanças políticas no país.