Segurança e organização atraem público recorde no Réveillon

 

Atualizado em: 02 jan 2016 às 06h

 

Os primeiros dias de 2016 tem sido de praias e centros comerciais lotados em Santos. Cerca de 2,5 milhões de pessoas devem passar pelo Município durante todo o feriado de Ano Novo — entre o dia 31 e domingo, 3 de janeiro. A estimativa da Prefeitura é de que a festa da virada tenha reunido mais de 1,5 milhão de pessoas apenas na orla da praia, durante a queima de fogos. Já o número de embarcações que assistiram ao show pirotécnico no mar também foi recorde nessa passagem de ano: 150, segundo a Capitania dos Portos.

Quase 2 mil pessoas foram mobilizadas para garantir que toda programação comandada pela Administração Municipal ocorresse conforme programado. Além de técnicos e trabalhadores das secretarias de Cultura, Comunicação e Serviços Públicos, o esquema contou com reforço da Segurança, com disponibilização do efetivo da Guarda Municipal e ampliação do número de homens da Polícia Militar e Civil, além de agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e equipes de atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Programação

De acordo com o secretário adjunto de Cultura, Rafael Leal, 500 pessoas atuaram nas tendas, ilhas, embarcações e organizações dos fogos de artifícios durante as comemorações na praia. Ele lembrou, no entanto, que as equipes continuarão envolvidas nas programações das tendas, que foram iniciadas na festa de Réveillon e seguem durante toda a temporada de Verão, até após o Carnaval.

Ao todo cinco tendas, localizadas na orla, oferecem atividades culturais e esportivas de quarta a domingo no período da manhã, e shows musicais e apresentações à noite. A tenda 3 é especificamente voltada à melhor idade, com programação especial para esse público.  

Segurança é destaque da festa

O reforço da segurança também foi destaque durante o período, com nenhuma ocorrência grave registrada no Município até o início da tarde deste sábado. De acordo com o secretário de Segurança Sérgio Del Bel Júnior, isso revela a excelente atuação estratégica da Guarda Municipal e da Polícia Militar e Civil. “Levando em conta o grande número de pessoas no Município, podemos considerar que a segurança foi bastante positiva”, avalia.

Apenas três ocorrências de porte de entorpecente e duas de desinteligência (briga) foram registradas durante a festa da virada, segundo o secretário. O esquema de segurança envolveu 670 profissionais, sendo 450 policiais militares e 220 guardas municipais, além da Polícia Civil, garantindo um Réveillon tranquilo e organizado em todo o Município.

Tráfego

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Santos) apontou que 32 veículos foram guinchados durante a virada do ano, sendo 18 na orla da praia. Outros sete também foram guinchados pela Polícia Militar no período.

Já no dia 1º de janeiro, das 6 horas da manhã até a zero hora, 16 carros foram guinchados. Na madrugada do dia 2, ocorreram  15 guinchamentos na Rua Delfim Moreira, onde é realizada feira aos sábados.  A principal irregularidade cometida pelos motoristas foi o estacionamento em local proibido.

Emergência

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) registrou 334 atendimentos entre as 6h à meia-noite desta sexta-feira, dia 1º de janeiro. Da zero hora ao início da tarde deste sábado, dia 2, as equipes atenderam 164 solicitações no Município.

Durante a virada, das 19 horas do dia 31 até meia-noite, 69 atendimentos foram realizados na cidade. Entre a zero hora até 7 horas da manhã do dia 1º foram contabilizados 139. Especificamente na praia, houve 26 atendimentos durante o Ano Novo, nenhum com gravidade.       

Redes Sociais: interação atinge 2 milhões de pessoas

As comemorações do Ano Novo foi sucesso nas redes sociais, alcançando marca inédita de interações dos últimos três anos: 2 milhões de pessoas de diferentes países do mundo interagiram com as postagens feitas nas redes oficiais do Município entre o início da noite de quinta-feira (31/12) e o primeiro do primeiro dia do ano.

O número de postagens sobre Santos na Virada atingiu 113.654 interações, de acordo com a Secretaria de Comunicação e Resultados, sendo que 99,5% desse total é de postagens positivas em relação à festa — o restante, 0,5%, é de postagens negativas realizadas pelos internautas.

As mensagens positivas citaram principalmente a queima de fogos no Município, que neste ano teve 17 minutos e um total de 22 toneladas. Além da beleza e do tempo de duração do show pirotécnico, a organização do evento e a segurança oferecida aos munícipes e turistas foram destacados pelos internautas nos posts.

Turismo: CDL Santos-Praia espera boa temporada

“Esta temporada deve ser bem melhor que a do ano passado. Em função da alta do dólar, muitos deixaram de fazer turismo no exterior e, com isso, o turismo local aumenta, o que já verificamos no Natal e Ano Novo”. A avaliação é do presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) Santos-Praia, Nicolau Obeide. O órgão reúne mais de 1,2 mil associados de vários segmentos.   

Com 40 anos de experiência no comércio, Obeide afirmou que  o faturamento teve uma baixa nas festas, se comparado a outros anos. No entanto, a movimentação de pessoas foi maior. Comentou que hoje os consumidores pagam mais à vista, evitando endividar-se.  “Compraram presentes de menor valor. Com a crise econômica e salários achatados, priorizaram contas e compras em supermercado, que estão mais caras”.

 

Fonte:http://www.santos.sp.gov.br/?q=noticia/890714/seguran-e-organiza-o-atraem-p-blico-recorde-no-r-veillon