Movimento democrático dos Morros lança reciclagem de óleo

Atualizado em: 21 set 2014 às 04h

Defendemos a economia criativa e solidária dos morros. O seu óleo de cozinha pode nos ajudar a transformar’. Este é a filosofia da Cooperativa de Reciclagem E-Social (Empreendedores Sociais da Cidade Alta), do Movimento Democrático Político dos Morros, que neste domingo (21), das 9h às 13h, na quadra da Escola de Samba Unidos dos Morros (Morro Nova Cintra), promoveu o lançamento da reciclagem de óleo usado na fritura de alimentos.

 

O evento também ofereceu um mutirão de saúde, com exames de glicemia, pressão arterial, teste de visão, DST/Aids e prevenção da dengue, realizado por 45 estudantes de Medicina da Unimes. Além do mutirão, os moradores que levaram 2 litros de óleo concorreram ao sorteio de três tablets.

 

Segundo o assessor técnico do Movimento, José Carlos da Silva Barros, a intenção de coletar o líquido é arrecadar fundos para criar uma miniusina de beneficiamento de óleo vegetal usado, para ser comercializado junto à cadeia de biocombustível. “Enquanto isso, queremos arrecadar de 10 a 20 mil litros de óleo por mês. Cada litro equivale a 900 gramas , com venda a R$ 1,00.” Ele informou que a partir de segunda-feira, o posto de coleta será na Sociedade de Melhoramentos da Nova Cintra, na avenida Santista, 1.308. O material arrecadado será encaminhado para a empresa BioSantos. “Por um termo de concessão, lá será uma incubadora de empreendimentos”, afirmou José Carlos.

 

O vice-presidente do Movimento dos Morros, Sidney Gonçalves Júnior contou que, por cerca de um ano, foram feitas reuniões com 15 lideranças de vários morros de Santos. Dos encontros, algumas ideias surgiram, como criar cooperativas de consumo coletivo da cesta básica e para fabricar tijolos. Um grupo de estudantes de jornalismo da UNISANTA prestigiou o evento. Eles fazem um documentário sobre transformação pessoal e social. “Ações como estas geram o empreendedorismo social, mudando a vida dos cidadãos”, declarou a aluna Gilda Lima, acompanhada do colega Rafael Correia.

 

PARTICIPAÇÃO – As irmãs aposentadas Célia Tereza Antônio da Conceição e Rosa Fermiano dos Santos, de 74 e 73 anos, respectivamente, sempre participam dos eventos oferecidos no morro, onde moram desde 1961. Passaram por todos os exames, tiraram dúvidas e receberam orientações sobre alimentação e atividade física. “Gostei muito. Nossa saúde está boa”, comemorou Rosa.

 

O vendedor Adelson Silva Sales, de 58 anos, também fez a bateria de exames e aprovou a ideia do recolhimento do produto. “A partir de agora vou separar o óleo para ajudar as pessoas e o meio ambiente.” Ana Maria da Silva, aposentada, tem 57 anos e só come alimentos cozidos. “Apesar de não utilizar óleo, achei muito boa iniciativa!”. Ela foi acompanhada do irmão, Hélio Silva, 58, morador do canal 2, que disse que vai colaborar. Representando a turma de acadêmicos de Medicina, Marina Barros destacou que, para os alunos, o mutirão de saúde revelou-se uma grande oportunidade. “Vários ainda não têm contato com pacientes no hospital e exercitaram seus conhecimentos.

 

Fonte: http://www.santos.sp.gov.br/noticia/933179/movimento-democr-tico-dos-morros-lan-reciclagem-de-leo