Munícipes estudam sem precisar ir à escola todos os dias

19/06/2015

 

A Cidade conta com o CEEJA para atender aos jovens, adultos e melhor idade que não podem freqüentar a escola regularmente

 

Com um simples girar da maçaneta, o estudante pode entrar quando quiser no Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos (CEEJA) de Guarujá, desde que seja dentre 9 e 21 horas, de segunda à sexta-feira. No local, que costuma ficar literalmente aberto para os alunos, os munícipes Alfredo Marques Júnior, de 77 anos, e Bruna Jorge Pereira, de 25 anos, retomaram os estudos.

 

 

Pelo atendimento humanizado, o CEEJA foi a melhor escolha para Bruna, que é mãe de uma criança de apenas quatro meses. “Se fosse numa escola comum, eu não iria, porque amamento. Mas aqui eu posso trazer ela comigo”, explicou Bruna, que faz questão de ir todos os dias para o Centro.

 

 

Bruna nunca teve um emprego com registro na carteira de trabalho. Já chegou a ser atendente de uma empresa de comunicação visual e de uma loja de moda praia. No momento, ela se dedica aos estudos, além dos cuidados com a filha Lavigne. “Quero dar uma vida melhor para ela, então decidi voltar a estudar porque sem estudo não dá para arrumar um bom emprego”, contou. Cursando o 2º e 3º ano do ensino médio, ela recebe o apoio das amigas, que ficam com a criança enquanto faz a prova em sala de aula. Assim que concluir os estudos, Bruna pretende realizar um curso de enfermagem, para realizar o sonho de trabalhar na área hospitalar.

 

 

Funcionário de empresas do setor portuário, Marques Júnior, de 77 anos, voltou a estudar em 2013. Neste ano, ele já concluiu quatro matérias em apenas dois meses. “Embarquei pela primeira vez com 16 anos, em 1951, para trabalhar como chefe de máquina e capitão de embarcação. Mas, sempre tive vontade de terminar os estudos, porque o conhecimento é a base de tudo”, ressaltou o estudante.

 

 

Ele conta que, com o incentivo do filho, resolveu se matricular no CEEJA, que fica na mesma rua onde mora. “Hoje sou autodidata em motores e navegação, pelos 62 anos de prática. Leciono no ensino profissional marítimo da Capitania dos Portos e agora quero aprender a teoria”, disse Marques , ressaltando que irá cursar uma faculdade, caso tenha oportunidade. “Acredito que em novembro me formo e pretendo fazer vestibular, só não sei qual carreira ainda”.

 

 

Instituição

O CEEJA de Guarujá atende 2.217 alunos do Ensino Médio e 981 alunos do Ensino Fundamental II. Diferente do ensino regular, o CEEJA exige a frequência presencial de apenas uma vez por mês. As avaliações são realizadas toda vez que o aluno finaliza a apostila de uma disciplina.

 

 

Não há data e nem hora marcada para fazer a avaliação. Basta dirigir-se à sala de estudos e solicitar ao professor a prova da apostila estudada. Se a nota alcançada for no mínimo seis, o aluno é liberado para começar a estudar a próxima disciplina escolhida. Caso contrário, terá uma nova oportunidade para fazer a prova, no momento em que considerar pronto.

 

 

De acordo com a diretora da unidade, Ana Maria Lopes da Nova, o aluno tem disponível apostilas de estudo pela Internet e pode estudar em casa ou no Centro. “Às vezes, os alunos não conseguem se concentrar em casa por causa da televisão, ou por causa dos filhos. Então, eles vêm para cá a hora que querem e ficam no pátio, que é a nossa área exclusiva de estudos”, afirmou Ana.

 

 

E o aluno que não possui computador em casa, pode acessar a apostila no computador da unidade, ou pegá-la emprestada, devolvendo no fim da etapa estudada. Segundo Ana, os professores trabalham em regime de plantão e estão presentes no local, das 9 horas às 21 horas para tirar dúvidas e aplicar prova. “Muitos alunos são caminhoneiros ou embarcados, porque não têm essa obrigatoriedade de estar aqui todos os dias”, frisou Ana, ressaltando que isso ocorre por causa da flexibilidade de horário.

 

 

O CEEJA forma alunos no Ensino Fundamental II (5ª série à 8ª série) e ensino médio (antigo segundo grau, do 1º ao 3º ano). Já o munícipe que deseja cursar o ensino fundamental I (da 2ª a 3ª ano primário) pode usufruir da Educação de Jovens e Adultos (EJA) de Guarujá, oferecido pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação.

 

 

Serviço

Situado na Rua Azuil Loureiro, 250, no Jardim Helena Maria, o CEEJA sempre possui vagas abertas. Para fazer a matricula é só comparecer na unidade de segunda a sexta-feira, entre 10 e 14 horas ou das 16 às 20 horas. Os documentos necessários são originais e cópias do histórico escolar, RG e CPF, certidão de casamento ou de nascimento (para os solteiros), duas fotos 3×4 e comprovante de endereço com CEP.

 

Fonte:http://portal.guaruja.sp.gov.br/2015/06/municipes-estudam-sem-precisar-ir-a-escola-todos-os-dias/