Dilma visita amanhã áreas atingidas por tornado em Santa Catarina

Agência Brasil                                                                                   26/04/15 14h09 

 

 

A presidenta Dilma Rousseff fará uma visita amanhã (27) às áreas afetadas pelo tornado que atingiu Santa Catarina na última segunda-feira (20). Acompanhada do ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, ela deve anunciar ações do governo federal de auxílio à recuperação da região. A previsão é que eles cheguem ao estado às 9h.

 

Nos municípios de Xanxerê e Ponte Serrada, 200 homens do Exército, além de equipes da Defesa Civil, polícias Civil e Militar e Corpo de Bombeiros trabalham na desobstrução de vias, no resgate de bens públicos, nas estruturas atingidas e no apoio humanitário às famílias. O cenário, no entanto, ainda é de destruição, segundo o governo do estado, e o prejuízo passa de R$ 109 milhões nos dois municípios.

 

Na última quinta-feira (23), o Ministério da Integração Nacional, reconheceu, por procedimento sumário, o estado de calamidade pública em Xanxerê e situação de emergência em Ponte Serrada.


O reconhecimento por parte do governo federal facilita aos municípios solicitar recursos da União para ações de socorro, assistência às vítimas, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução.

 

Duas escolas em Xanxerê tiveram as estruturas prejudicadas, mas as aulas voltam ao normal amanhã; outras 11 retomaram as aulas na quinta-feira (23). O governo do estado também fez um levantamento das necessidades das famílias que tomam medicamentos diários e que perderam esses remédios e fornecerá soro fisiológico, hipoclorito de sódio e vacinas contra tétano, além de orientar a população sobre possíveis contaminações nas residências atingidas.

 

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, os ventos na região de Xanxerê e Ponte Serrada podem ter alcançado 250 quilômetros por hora no dia do tornado. Amanhã, o dia será de sol entre nuvens, com ventos fracos na região.