Ucrânia promulga lei que autoriza destacamento de tropas estrangeiras

Agência Brasil                                                                             30/03/15 13h00 

 

 

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, promulgou hoje uma lei que autoriza o destacamento de tropas estrangeiras em território nacional para manobras militares.

 

Segundo um comunicado da presidência, o Exército ucraniano vai fazer este ano três exercícios conjuntos com tropas norte-americanas e dois com tropas polonesas.

 

O primeiro desses exercícios serão feitos a partir de 20 de abril com a chegada a Lviv (Oeste) de 290 paraquedistas dos Estados Unidos para treinar militares ucranianos, segundo anunciou horas antes o ministro do Interior, Arsen Avakov.

 

Os paraquedistas, da 173.ª Brigada Aerotransportada, cuja base fica na Itália, vão treinar cerca de 900 militares da Guarda Nacional da Ucrânia em três fases, cada uma de oito semanas de duração, seguidas de exercícios militares.

 

A Guarda Nacional ucraniana é constituída por reservistas.

 

Em meados de março, um grupo de instrutores militares britânicos chegou à Ucrânia para treinar as forças que combatem os separatistas pró-russos do leste, onde está em vigor um cessar-fogo desde 15 de fevereiro.

 

Tanto as autoridades ucranianas como a Organização do Tratado do Atlântico Norte consideraram hoje (30) que a situação no Leste estabilizou nas últimas semanas, embora ambos os lados denunciem violações esporádicas da trégua.