Inundações no Sri Lanka deixam pelo menos 30 mortos

Agência Lusa29.12.2014 - 08h37 | Atualizado em 29.12.2014 - 08h50

 

 

Pelo menos 30 pessoas morreram, seis estão desaparecidas e mais de 30 mil famílias foram deslocadas na sequência de inundações provocadas por fortes chuvas no Sri Lanka, que afetaram 1 milhão de pessoas em todo o país, disse hoje (29) Anthony Milroy, da direção do Centro de Gestão de Desastres do país.

 

Leia mais notícias

 

“No momento, temos 30 mortos e seis desaparecidos e 33.346 famílias deslocadas como consequência das chuvas em 626 localidades”, informou Anthony Milroy.

 

Segundo ele, o temporal diminuiu no Sul do país, mas as fortes chuvas continuam no Nordeste, a região mais afetada pelas cheias.

 

A imprensa local informa que várias estradas estão bloqueadas e que há problemas de comunicação em praticamente toda a ilha.

 

Além disso, as autoridades evacuaram as localidades de Mutur e Somapura, na Baía de Koddiyar, no Noroeste do país.

 

Há dez anos, um tsunami arrasou grande parte do Sri Lanka deixando um rastro de mais de 35 mil mortos e mais de 5 mil desaparecidos.