Guarujá vacina grávidas e puérperas com comorbidades a partir de segunda-feira (17)

Município acaba de receber 3.380 novas doses da CoronaVac; 600 serão reservadas às gestantes e puérperas e as demais 2.780 irão para as segundas doses de quem já iniciou o ciclo vacinal com esse imunizante

 

Por Prefeitura Municipal de Guarujá 

Guarujá começa a vacinar grávidas e puérperas (mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias) com comorbidades na próxima segunda-feira (17). O Município acaba de receber 3.380 novas doses de CoronaVac, das quais 600 serão reservadas exclusivamente para o atendimento delas. As outras 2.780 serão aplicadas nas pessoas que já iniciou o ciclo vacinal com esse imunizante e aguarda a segunda dose.

O início da imunização das grávidas e puérperas com comorbidades estava previsto para a última segunda-feira (11), mas foi adiado em razão da não recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para utilização do imunizante CoviShield, da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz, que foi enviado pelo Governo do Estado para o atendimento delas.

Além do RG, CPF e comprovante de residência em Guarujá, que são obrigatórios para garantir a vacinação, as grávidas com comorbidades o cartão pré-natal, laudo ou declaração médica que comprovem a doença preexistente. 

Para as puérperas, a exigência é semelhante, com a diferença que precisam comprovar que estão dentro dos 45 dias pós-parto, seja via cartão pré-natal ou pela certidão de nascimento do bebê.

É recomendado, mas não obrigatório, o cadastro no site do VacinaJá, do Governo do Estado (https://www.vacinaja.sp.gov.br/). O cadastro pode ser realizado pelo próprio candidato à imunização ou por algum familiar. Imprimir a ficha que o site disponibiliza ao final contribui ainda mais para agilizar o atendimento no posto.

Para se ter uma ideia, o tempo de atendimento para quem fez o cadastro leva em média de 1 a 3 minutos. Quando não é feito, a inscrição no ato da vacinação seguida da aplicação da dose propriamente dita demora cerca de 10 minutos.

O Município começou a vacinar pessoas de 50 anos ou mais com comorbidades ou deficiência permanente na sexta-feira (14) e continua aplicando as primeiras doses em idosos com 60 anos ou mais; profissionais de educação que atuam em Guarujá e tiveram cadastro aprovado no VacinaJá com 47 anos ou mais; adultos com síndrome de down, pacientes renais em diálise e transplantados imunossuprimidos.

Já em relação aos profissionais e trabalhadores de saúde, a Cidade encerrou o atendimento de primeira dose desde o dia 9 de abril. Isso porque a cobertura vacinal desse grupo foi de 115%, ultrapassando a meta vacinal estabelecida pelo Ministério da Saúde em todas as campanhas de imunização, que é de 90%.

Postos de vacinação

A vacinação continua no Ginásio Guaibê (Avenida Santos Dumont, 420 – Santo Antônio) com esquema de imunização separado por primeiras e segundas doses na quadra do ginásio, das 8 às 16 horas, de segunda a sexta-feira. No estacionamento, segue em funcionamento o drive-thru – apenas para as primeiras doses – das 9 às 15 horas.

Em Vicente de Carvalho, o acontece no salão paroquial da Igreja Nossa Senhora das Graças (Rua Padre Anchieta, 107 – Vila Alice). O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8 às 14 horas.

 

Foto: Prefeitura de Guarujá