Rede municipal de Santos volta em modo híbrido e com prevenção à covid-19

Todas as escolas foram preparadas para atender os protocolos sanitários

 

Por Prefeitura Municipal de Santos 

As aulas na rede municipal de Santos retornam na segunda-feira (3), em modo híbrido, nas 86 unidades para pouco mais de 27 mil estudantes. As atividades serão divididas entre presenciais e remotas, seguindo planejamento específico para cada modalidade de ensino, respeitando os protocolos sanitários de prevenção à covid-19.

A portaria com as diretrizes do retorno foi publicada no Diário Oficial de 28 de abril. O limite de atendimento presencial estabelecido pelo Plano São Paulo (35%), do Governo do Estado, será respeitado em todas as unidades.

JARDIM, PRÉ E FUNDAMENTAL

Na primeira semana, de 3 a 14 de maio, o atendimento diário será de, no mínimo, 20% dos estudantes matriculados no Jardim, Pré-escola, Fundamental I (1º ao 5º ano) e Fundamental II (6º ao 9º ano), garantindo a oferta presencial de atendimento para 100% dos alunos ao final de uma semana. EJA Na Educação de Jovens e Adultos (EJA), 100% dos alunos será atendido a partir de 3 de maio, pelo menos, três vezes na semana, das 19h às 22h (3 horas).

MATERNAIS

As classes dos maternais iniciarão o modelo híbrido em 10 de maio, permanecendo até o dia 14 de maio atendendo ao mínimo de 20% dos alunos por dia.

BERÇÁRIOS

Já as salas dos berçários começarão o formato de aulas remotas e presenciais em 11 de maio, respeitando a mesma porcentagem das demais turmas de educação infantil.

PERMANÊNCIA

O período de permanência na escola será de, no mínimo, quatro horas (exceto EJA), considerando as condições de atendimento e a validação do supervisor. A partir do dia 17, todas as escolas deverão atender 35% ao dia, com frequência dos alunos pelo menos duas vezes por semana.

EQUIPES

As equipes gestoras das escolas poderão organizar o quadro de professores e funcionários, com aprovação da Supervisão de Ensino, de acordo com a necessidade. Os profissionais das escolas que tiverem comorbidades comprovadas ou maiores de 60 anos poderão atuar exclusivamente de maneira remota.

ALUNOS EM GRUPOS DE RISCO

Alunos do grupo de risco permanecerão em atividades remotas. Pais ou responsáveis devem assinar termo de compromisso, comprometendo-se a manter o vínculo com a unidade, cumprindo o estabelecido pela direção e professores, responsabilizando-se pelo acompanhamento das atividades via Portal da Educação ou a sua retirada impressa na escola.


Escolas preparadas para o retorno

Todas as escolas foram preparadas para atender os protocolos sanitários. As unidades contam com itens individuais e materiais de higienização. Além disso, foram distribuídas máscaras de tecido para professores e alunos.

Os profissionais que atuam em classes de berçários e Maternal I ainda receberam face shields. O sabonete líquido está sendo entregue pela empresa terceirizada de limpeza. A reposição dos materiais é realizada sempre que necessário.

“Fizemos diversas reuniões para que tudo fosse preparado de forma responsável e cautelosa, primando pela segurança de todos. O formato híbrido seguirá até que as vacinas ganhem maior abrangência”, explicou a secretária de Educação, Cristina Barletta.

 

Foto: Anderson Bianchi/Arquivo